quarta-feira, agosto 12, 2015

O bebê mais bravo do mundo


Um comentário:

Benedito Ap. da Silva (Benê) disse...

Achoque deviam pular, fazer todo tipo de graça, inventar todos para que ele começasse a ter gestos, semblantes amáveis.