sábado, junho 22, 2013

Um salva-vidas robô

O robô salva-vidas não se parece em nada com robôs tradicionais. Ele mede aproximadamente 1 metro e seu formato se assemelha ao de um barco. A máquina recebeu o nome feminino de Emily (Emergency Integrated Lifesaving Lanyard).

Criada para se locomover na água com mais agilidade do que bons nadadores, a máquina pode "nadar" até doze vezes mais rápido que um humano. Ela atinge uma velocidade de 38 km/h graças a um motor de propulsão parecido com os motores usados em jet-skis. Com um simples controle remoto, Emily pode ser guiada ao local de forma remota até o local do afogamento. A ideia de seus fabricantes é que o afogado se segure no robô, que também serve como boia, e ele guie o caminho de volta até a praia.

Desenvolvido pela empresa Hydronalix, Emily custa US$ 3.500 e pode aguentar várias pessoas agarradas à sua estrutura. Além de servir como apoio aos banhistas, o robô utiliza um sistema de sonar para criar mapas 3D do ambiente ao redor e é capaz de identiticar barulhos de pessoas em perigo.
 (Fonte:Revista Galileu)


Nenhum comentário: