terça-feira, julho 26, 2011

10 projetos arquitetônicos bizarros

Confira algumas construções que desafiam os padrões estéticos da arquitetura atual.


Este prédio é a sede da Longaberger Company, fabricante de cestas e produtos para casa, em Ohio, nos Estados Unidos. O sonho do fundador, Dave Longaberger, era que todos os prédios da empresa fossem em formato de cesta, mas o único a ficar pronto foi o da sede. Depois de sua morte, em 1999, suas filhas e herdeiras vetaram o projeto.



A chamada Crooked House (Krzywy Domek, em polonês) é um ousado centro de negócios da cidade de Sopot, na Polônia. projetado por Szotyńscy %26 Zaleski, o prédio tem cerca de 4.000 metros quadrados e faz parte do shopping center Rezydent. Todo cheio de curvas, como se tivesse derretido e endurecido novamente, o edifício foi inspirado em contos de fadas e nos desenhos de Jan Marcin Szancer e Per Dahlberg.



Esse projeto não tem a ver apenas com a estética. A Container City, em Londres, na Inglaterra, foi uma alternativa encontrada pela empresa "Urban Space Management" para reaproveitar contêineres velhos para abrigar residências e escritórios. O resultado remete aos blocos coloridos que as crianças empilham. A técnica de usar contêineres em construções já foi usada em 16 projetos da empresa.



O projeto Cubic Houses, de Piet Blom, em Rotterdam, na Holanda, foi uma tentativa de criar uma vila que é, ao mesmo tempo, uma floresta de casas. O trabalho foi uma encomenda do governo da cidade, que pediu para o arquiteto desenhar moradias em cima de uma ponte para pedestres. Daí veio a ideia de instalar casas em formato de cubo, como se fossem árvores ao longo da ponte.



O projeto da Beer Can House começou em 1968, quando o aposentado americano John Milkovisch teve a iniciativa de embutir mármores, pedras e pedaços de metal em concreto e madeira para formar recursos paisagismo original na parte da frente e de trás da casa. Quando esse trabalho terminou, ele passou a instalar latas vazias de cerveja nas paredes da casa. Hoje, a residência tem 50.000 latas acopladas.



Debaixo da saia da cozinheira de 8,5 metros de altura, está o restaurante Mammy's Cupboard, aberto em 1940 na cidade de Natchez, nos Estados Unidos. Conhecido localmente por suas comidas caseiras, o restaurante teve seus altos e baixos, com épocas em que a escultura ficou sem braços para segurar a bandeja.



O Dancing House, Dancing Building ou ainda Nationale-Nederlanden foi desenhado pelo arquiteto Vlado Milunić, em parceria com Frank Gehry. Localizado em Praga, República Checa, o edifício começou a ser construído em 1992 e ficou pronto em 1996. Dentro do prédio, com um design ousado para a época em que foi feito, funciona um centro cultural.



Hang Nga guesthouse, tambem conhecida como Crazy House, é um projeto da arquiteta vietnamita Dang Viet Nga, em Da Lat, Vietnam. A estrutura parece uma casca de árvore gigante e remete às figuras dos contos de fadas. No design, estão presentes figuras de animais, cogumelos, teias de aranha e cavernas.



A biblioteca pública de Kansas City encontrou uma maneira criativa para atrair novos leitores. Uma de suas entradas possui representadas em tamanho-família as lombadas de 22 títulos de autores de diferentes estilos e épocas . Cada “livro” tem 7,6 metros de altura por 2,7 metros de largura. Os nomes das obras foram sugestões da população da cidade, que foram selecionadas pelo conselho da biblioteca pública.

Fonte: exame.abril.com.br

Um comentário:

Solange Belém disse...

O quê que é isso?!
A criatividade não tem limites. Muito bacana, muito legal!!!!!!!
Abraços

Sol