quinta-feira, dezembro 23, 2010

Animais com medo de fogos de artifício


Natal e o fim do ano são sempre grandes festas e são um bom motivo para reunir amigos e família para se divertir. Quem sofre com isso são os animais de estimação, devido a movimentação de pessoas desconhecidas e o forte barulho de fogos de artifício e rojões.

O barulho torna-se um incômodo, pois cães e e gatos ouvem muito melhor que os humanos. Nessas festas, saiba como atitudes simples podem deixá-los mais tranquilos.

7 maneiras de proteger seu animal do barulho dos fogos de artifício:

1. Evite que seu animal escape
Verifique possíveis locais que seu animal possa fugir, feche bem as portas e janelas. No desespero, cães e gatos tentam fugir.

2. Crie um abrigo
Deixe seu animal em um local em que ele se sinta seguro. Luzes acesas ajudam a mante-lo tranquilo, caso ele esteja acostumado, deixe a tv ou o rádio ligados. Sempre verifique como seu animal está se sentindo, faça carinho e mostre que está sempre por perto para acalmá-lo. .

3. Jamais ofereça a comida da festa
Problemas de digestão, somados ao pânico sentido por rojões podem levar os animais à morte, em casos extremos. O ideal é alimentá-lo com ração de costume e oferecer água. Evita-se até oferecer biscoitinhos.

4. Não use coleiras
Não deixe seu animal na coleira. Há muitos casos de cães e gatos que, quando presos, morrem por enforcamento no desespero dese esconder ou fugir dos rojões. Caso precise isolá-lo, o melhor a ser feito é fechado num quartinho, como mencionado na dica 2.

5. Deixe-o calmo
Homeopatia e florais diminuem o medo e a ansiedade do seu animal. Para funcionarem, esses tratamentos devem ser feitos ao longo do ano. Em casos extremos, converse com o veterinário sobre a possibilidade de aplicar um sedativo. Tampões de algodão nos ouvidos também são boas opções para abafar o som dos rojões.

6. Mantenha-os separados

Evite deixar muitos cães juntos pois, excitados e estressados com o barulho, podem brigar até à morte.

7. Plaquinhas de identificação

Uma atitude simples que pode ajudar muito para o caso de fuga. Identifique seus animais com placas na coleira. Dados básicos como o nome do animal, telefone e nome de contato são o suficiente para quem encontrá-lo possa entra entrar em contato com o dono.

Um comentário:

Anônimo disse...

FAIL: como vou indentificar meu cao se na dica 4 fala para nao usar coleira


ô podemos usar perneiras fuuuu....