terça-feira, junho 29, 2010

Caranguejo aranha do Japão trocando a casca

Não se trata de alma gêmea, não! Assim como os demais artrópodes, os crustáceos precisam trocar seu exoesqueleto para poder crescer, já que se encontram “aprisionados” em seu interior. Dessa maneira, eles literalmente abandonam o esqueleto velho, seu corpo mole cresce rapidamente e eles produzem um novo esqueleto, maior que o anterior, que vai endurecer e continuar seu papel protetor. Esse mecanismo é conhecido como “muda” ou “ecdise”. Em algumas ocasiões chegamos a encontrar um exoesqueleto velho abandonado e imaginamos que se trata de um animal morto, tamanha é a perfeição da troca efetuada.
Esse vídeo foi feito durante 6 horas, o que aparece aqui é o time-lapse dele, confira!


►Enviado por Binho►

Um comentário:

lucidreira disse...

Já havia visto algo parecido, é realmente muito interessante.
Abraço