quinta-feira, agosto 20, 2009

Kit do Brasileiro

Vai transar?**
O governo dá camisinha.


*Já transou?**
O governo dá a pílula do dia seguinte.


*Teve filho?**
O governo dá o Bolsa Família.


*Tá desempregado?**
O governo dá Bolsa Desemprego.


*Não tem terra?**
O governo dá o Bolsa Invasão e ainda te aposenta.




*Mas experimenta estudar e andar na linha pra ver o que é que te acontece!**


4 comentários:

Anônimo disse...

Vejamos:

quando um indivíduo comete ato que transgride as leis da sociedade, significa que ele não está apto a socialização, para isso medidas devem ser tomadas, como a sua reclusão. As medidas punitivas visam o reenquadramento do indivíduo na sociedade, isto é, que ele não cometa delitos novamente. Uma casa de detenção por exemplo podemos chamar de instituição ressocializadora de indivíduos que ainda estão inaptos a conviverem em harmonia com a sociedade, pois instituições socializadoras anteriores, tais como a escola, a família, os meios de comunicação e toda relação social do cotidiano não foram capazes de socializá-lo dentro dos parâmetros das leis de tal sociedade.

Não sou intelectual da sociologia e muito menos bom conhecedor de questões jurídicas, mas com leitura, análise e senso crítico sobre os fenômenos, acredito que tudo pode ser compreendido. Por isso, resolvi, em resposta a este e-mail que recebi com o assunto ‘KIT DO BRASILEIRO’, enviar o link (http://www.franca.unesp.br/auxiliocjs.pdf) de um estudo analítico, contextualizado e disposto a compreender o fenômeno (o auxílio-reclusão) considerando seus pontos positivos e negativos, elaborado por Daniela da Silva Abreu CHAGAS e Thais Junqueira MAGANINI, além de outras considerações minhas.

O fato é que o e-mail se dá através de chacotas a benefícios do Governo concedidos a população. No entanto é possível compreendermos benefícios públicos de outra forma, que apresento limitadamente: o Estado é uma máquina, um grande complexo empresarial do povo, dirigida por governantes eleitos pelo voto. Tal complexo se dá economicamente através de impostos recolhidos, investimentos e lucro. Superficialmente entendemos de lucro aquilo que sobra após todos os gastos cobertos, superficialmente. E este então pode ser utilizado para novos investimentos ou então para desfrute do dono, que no caso, é o povo. Nessa concepção, é fácil notar que o Governo jamais concede benefícios, ele apenas administra a empresa que ao obter lucro, este deve ser redistribuído aos donos. Porém, como nos referimos ao povo, a sociedade, que são estes os donos, os lucros são atribuídos as suas necessidades.

Quando observa-se tais ‘benefícios’ em outros países, o brasileiro olha maravilhado, vendo a possibilidade de uma vida justa. Mas por ser no Brasil, não sei o que acontece, mas a visão muda adicalmente e tais ‘benefícios’ são chacoteados e criticados, sem fundamento ou análise alguma, como se eles fossem prejudiciais a sociedade. Penso eu que a má administração pública, esta sim é nociva, quando não bem realizada, principalmente quando trata-se de um país como o Brasil, com sua possibilidade de ser auto-sustentável.

É interessante atentarmos ao fato de que a questão está centrada nos tais ‘benefícios’, mas o e-mail ainda discorre críticas ao sistema de cotas e ao Movimento dos Sem Terra, que em poucas palavras, é um movimento formado por pessoas que não possuem propriedade, tal qual eu, e que recorrem a mobilização e luta em prol dessa conquista na ânsia de resolver o déficit histórico, social e político ao qual todos os brasileiros foram submetidos no sistema de exploração de terra e mão-de-obra desde a sua descoberta até hoje. Mas como trata-se de um e-mail, não cabe aqui escrever muito, nem mesmo sobre o item foco.

O e-mail ainda acusa ao fim que ‘Estudar e andar na linha’ pode algo lhe acontecer. Não tenho dúvida, estudar pode acarretar em muitas coisas, principalmente em ajudar a analisar ou escrever um e-mail antes de repassar.



att

Bruna disse...

Oi meu nome eh Bruna... se vc anonimo acha tao certo esses "beneficios" pq nao assinou seu nome? Acha certo pessoas q trabalham duro pagar imposto pra quem nao faz forca nenhuma pra mudar de vida??? O governo deveria ter programas de treinamento e nao fazer curral eleitoral pq eh so pra isso q serve esses beneficios. SE VC DER O PEIXE PARA O FAMINTO ELE VAI SENTIR FOME DE NOVO, ENTAO ENSINE-O A PESCAR!!!!

Laélia disse...

Tem quem não entenda que esse tipo de e-mail deboche não significa que as pessoas sejam contra os programas sociais, mas que estão cansadas de ver que ser um cidadão que cumpre suas obrigações não significa nada. Pelo contrário, é ele que sustenta esse cenário puramente assistencialista. A população precisa de mais do que isso. Não só disso.
Além disso, quem tem opinião e certeza dela, assina.

Laélia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.