sexta-feira, julho 03, 2009

Em audiência com Lula, Sarney afirma que não sairá

Há três dias, Sarney informara à bancada do PT que preferia renunciar a pedir licença.

O senador como que condicionara sua permanência na presidência do Senado ao apoio do petismo.

O suporte do PT ainda não veio. Depois de se reunir com Lula, a bancada petista, dividida, adiou sua decisão para terça-feira (7).

A despeito disso, Sarney disse a Lula, nesta sexta (3), que não cogita pedir licença nem renunciar.

Mal comparando, Sarney faz um caminho inverso ao de Getúlio Vargas.

Em sua carta testamento, de agosto de 1954, Getúlio anotara: “...Saio da vida para entrar na história”.

No caso de Sarney dá-se coisa diferente: Saio da história para cair na vida.

Escrito por Josias de Souza

2 comentários:

Anônimo disse...

Está na hora de se começar a pensar em mudar os politicos brasileiros. A solução seria matar a maioria deles. Corja de vigaristas,traidores, escória humana.

Jerry Araújo disse...

Chamem o Kira! Ele é a melhor opção para o nosso país! ^^'