sábado, junho 27, 2009

Política e futebol


Nossos políticos e jogadores de futebol têm muita coisa em comum. Ambos têm público seleto, ganham apelidos carinhosos, recebem altíssimos salários e tornam-se imortais da noite para o dia. No futebol, tem jogador que faz gol contra, se mete em confusão, faz mutretagem para mudar de clube e mesmo assim tem sua torcida organizada. Na política também é assim. Tem político que já trocou de partido, já se envolveu em escândalo, já levou o país a uma inflação de 89% ao mês, faz do mandato um abrigo para proteger parentes próximos e amigos pessoais e mesmo assim tem seus torcedores e admiradores. No futebol e na política só há uma diferença: o jogador mais experiente mostra seus gols; o político mais experiente, suas trapaças.

Comentário de Francisco Ribeiro Mendes, Asa Norte
Correio Braziliense

Nenhum comentário: