segunda-feira, junho 22, 2009

Funcionário do Senado receberia 4 contracheques por mês

Um ato secreto do Senado de dez anos atrás teria permitido com que um funcionário recebesse quatro contracheques em um mês. Os documentos, que, segundo o Jornal Nacional, seriam contracheques, tratam do salário normal, de vantagens pessoas, horas extras e do benefício conhecido como "diferença de teto".

Somados, os contracheques registram um ganho mensal de R$ 29 mil. O valor é R$ 4,5 mil maior do que o teto constitucional dos serviços públicos. O Jornal Nacional não divulgou o nome do funcionário, mas informou que os contracheques tratam do salário deste mês.

Na semana passada, o presidente do Senado, José Sarney, anunciou uma auditoria nas folhas de pagamento da Casa. A estimativa é de que cerca de 300 funcionários ganhem acima do teto.

Um comentário:

Gato Guga disse...

Ah que saudade do Hussein. Bem, não é para tanto, mas esses senhores, já idosos, bem que mereceriam umas chibatadas em praça pública, como forma de criarem vergonha na cara.
Bando de velhos ladrões. Eu voto por 50 chibatadas, no tronco, em cada um deles. Esse paisinho não está pronto para democracia. Volta logo Collor de Melo!