sábado, maio 31, 2008

Cuidado com as armadilhas do supermercado




Todos os seus sentidos são explorados pelo mercado. Até a música ambiente ou o aroma das seções procuram estimular a compra ou ajudar a retarar o seu passo.

Não existem relógios nem janelas.
Você não deve perceber que o tempo está passando.

Uma promotora que oferece um pedacinho do produto ou um brinde ajuda a aumentar as vendas, assim como uma bancada separada da gôndola dá destaque ao produto que se quer vender.

Muitos hipermercados, de vez em quando, mudam o local de exposição de alguns produtos para forçar você a procurar de novo o produto, e assim percorrer seções que, normalmente, ficariam de fora na compra.

Enquanto você espera na fila do caixa, há pequenos mostruários ao lado com pilhas, revistas, salgadinhos, etc. Tudo pode ainda entrar no carrinho, na última hora.

A cor e o desenho do piso podem ajudar a acelerar ou atrasar o seu passo.

Todos os seus sentidos são explorados pelo mercado.
Até a música ambiente ou os aromas das seções procuram
estimular a compra ou ajudar a retardar o seu passo.

Luzes e cores também ajudam a construir a imagem de um (grupo de) produto e a estimular a compra. Por exemplo, o verde aparece na seção de frutas e verduras, como associação
com a natureza; o vermelho, nas carnes; e o azul, que lembra a água e o frio, nos peixes.

A temperatura está sempre boa. Não faz frio nem calor.

Os produtos que você habitualmente compraria, como os de primeira necessidade (leite, carne, frutas, etc.), localizam se normalmente no fundo da loja. Até chegar lá, você passará por uma infinidade de outros produtos que, antes de entrar, você nem imaginava que poderia levar.

Ao contrário do que se vê nos shoppings, não existe mapa de localização das seções. Você
deve procurar o que quer.

Alguns mercados começam a adotar áreas de lazer, com espaço para café, perto de livros, por
exemplo. É uma nova tendência para você ficar mais tempo na loja.

Os corredores centrais são mais largos, enquanto os interiores ou transversais são mais estreitos e sujeitos ao congestionamento dos carrinhos, o que faz com você tenha de diminuir a
velocidade e prestar mais atenção nos produtos destas gôndolas.

A entrada de um hipermercado é uma área nobre por excelência. Normalmente é aí que são organizadas as bancas temáticas, que se referem, muitas vezes, a alguma data festiva (os ovos de Páscoa, os brinquedos do Dia da Criança, etc.). Como o carrinho ainda está vazio neste momento,
você pode estar mais receptivo a levar alguma coisa que não pretendia.

As pesquisas comprovam que, na grande maioria das vezes, você sai do supermercado (ou do hipermercado) com mais produtos no carrinho do que planejava comprar.
Como isso é possível? É possível porque, antes de tudo, as mesmas pesquisas apontam que 60% ou mais das compras são decididas no ponto de venda. Como conseqüência (e também como causa) disso, os supermercados e principalmente as grandes redes de hipermercados se especializam cada vez mais em técnicas de marketing que estimulam você a comprar mais e mais.
A regra de ouro dos marqueteiros do auto-serviço diz: “Quanto mais tempo o cliente fica dentro do mercado, mais ele compra”. Por isso, a grande maioria dessas técnicas visa fazer com que você demore mais que o necessário lá dentro.



Veja alguns exemplos.

A arrumação da gôndola


Nas pontas das gôndolas estão as promoções, que podem ter como objetivo o simples escoamento de estoque. Normalmente aparecem muitos produtos juntos. Essa apresentação em massa chama a atenção do consumidor e pode multiplicar por cinco as vendas do produto.
Fora das promoções, os produtos que devem ter maior saida são colocados no meio das gôndolas e os de menor interesse ficam no inicio.
Os refis tendem a estar longe do original.
Produtos complementares são colocados lado a lado, para despertar o seu desejo(cross-selling). Por exemplo: vinhos com queijos, batatas fritas co refrigerantes, carvão com carnes, etc...

Na altura da cabeça ou mais alto
Produtos difíceis de alcançar, de menor rentabilidade.

Na direção dos olhos
Produtos com preços mais altos que provocam a compra por impulso.

Na altura das mãos
Produtos indispensáveis, de forte procura.

Prateleiras baixas
Produtos mais consumidos, de compra obrigatória. Últimamente, tem-se utilizado este nível para colocar os produtos mais baratos da mesma categoria que se encontra exposta acima

No chão
Artigos mais pesados, grandes embalagens.

Estratégias de preços

-Quando um produto é lançado, geralmente o preço é mais baixo do que deveria. Isso é feito para criar fidelização. Aos poucos, o produto ganha aceitação no mercado e vai ganhando mais preço também.

-Outro truque clássico é o preço terminado em 9. As pesquisas mostram que o consumidor tem a sensação de vantagem (leva troco) quando compra algo por R$ 4,99 e não R$ 5,00.
As promoções são o grande chamariz para a venda dos produtos.


-Os preços baixos apresentados nos encartes dão a idéia de que toda a loja tem política de preços reduzidos. Normalmente, os descontos são concentrados em um grupo de produtos. Você sabe
que está economizando aqui e faz o quê? “Aproveita” e compra também outros produtos que não estão em promoção e que talvez você nem pensasse em levar.


-O inverso também pode acontecer. Você não pensa em comprar peixe, mas hoje é dia de peixe em promoção. Então...


-Os cartazes que anunciam os preços, geralmente escritos à mão, fortalecem a idéia de “personalização” e preço temporário – o que muitas vezes não corresponde à realidade, pois na semana que vem o preço será o mesmo.



A estratégia do consumidor




Não se desespere! Aproveitar promoções é sempre uma forma de economizar, desde que isso não traga outros gastos a reboque. O importante é ficar atento para saber diferenciar promoção de armadilha de consumo. Para isso, nada melhor do que planejar bem a tarefa das compras. Você também pode adotar algumas medidas
para não descobrir, quando chegar em casa, que gastou o dobro do que pensava.

Faça a lista de compras – Relacione o que você realmente precisa comprar e também o que pode levar. E seja fiel à sua lista.

Jamais faça compras com fome – Uma pessoa com fome não resiste às tentações deliciosas que se espalham nas prateleiras dos supermercados.

Antes só que acompanhado – Toda vez que alguém vai acompanhado ao mercado, tende a comprar mais, para acompanhar os desejos do(a) outro(a) ou até por questão de status... A situação é mais delicada se o acompanhante é uma criança. Elas se sentem estimuladas a se tornar “consumidores-mirins”. Em alguns mercados, há até carrinhos do tamanho delas e os produtos de que elas gostam, muitas vezes, estão nas prateleiras que ficam na altura
dos olhos delas.

Leve uma calculadora – Vá somando o que você está colocando
no carrinho. Por melhor que seja a promoção, você pode ultrapassar seu limite.

Não deixe passar muito tempo entre uma compra e outra –A possibilidade de comprar produtos supérfluos aumenta.

Agora, vá à luta – Quer dizer, às compras!

Via e-mail

sexta-feira, maio 30, 2008

Cidades históricas brasileiras - Férias Brasil


Visitar nossas cidades históricas é também viajar pela memória de nosso país.

Cidades

Costa do descobrimento: Porto Seguro BA,Sta. Cruz Cabrália BA, Arraiald'Ajuda BA, Trancoso BA
Maranhão: São Luís MA,Alcântara MA
Serra do mar: Paraty RJ, Bananal SP, Embu das Artes SP, Cunha SP, Paranapiacaba SP
S. Luiz do Paraitinga SP.
Campos das Vertentes : Tiradentes MG, São João del-Rei MG, Prados MG, Resende Costa MG, Cel. Xavier Chaves MG
Circuito do Ouro: Ouro Preto MG, Congonhas MG
Circuito do Diamante: Diamantina MG, Serro MG, Milho Verde MG, São Gonçalo MG
Goiás Goiás GO, Pirenópolis GO
Chapada Diamantina: Lençóis BA, Andaraí BA, Igatu BA, Mucugê BA, Rio de Contas BA

Clique aqui para entrar no site e boa viagem!


Outros destinos
Conheça mais cidades e destinos de viagem no Férias Brasil

(clique na legenda)


Morro de São Paulo



Porto de Galinhas




Trancoso-Bahia



Rio de Janeiro




Armação dos Buzios




Ilha Grande

quinta-feira, maio 29, 2008

Joãozinho na Escola

Hora de lazer do programador

Quando os programadores de computadores ficam chateados,

criam coisas como estas:






















Colaboração: Ilsim

Embalagens de cigarro ganham imagens fortes

O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, e o diretor geral do Inca (Instituto Nacional de Câncer), Luiz Antonio Santini, lançaram nesta terça-feira, dia 27, em Brasília, as novas imagens de advertências de embalagens de produtos com tabaco.

As fotos foram produzidas com base em estudo sobre o grau de aversão que alcançam.

O lançamento ocorre por conta da proximidade do Dia Mundial Sem Tabaco, marcado para 31 de maio.

Entre as novas ilustrações, há um bebê morto dentro de um cinzeiro, uma cirurgia cardíaca, uma mãe e um filho assistindo à morte do pai e o cadáver de um fumante em uma mesa de necrotério.

As fotos e mensagens foram produzidas com base em um estudo sobre o grau de aversão que alcançam. As imagens foram co-elaboradas pelo Departamento de Artes & Design da PUC-Rio.

De acordo com o Inca, o Brasil foi o segundo país a adotar imagens de advertência como estratégia para diminuir a prevalência e evitar a experimentação do cigarro por jovens e adolescentes. Desde 2001, os fabricantes de produtos de tabaco são obrigados, por lei, a inserirem advertências sanitárias ilustradas com fotos.

A cada ano, o cigarro mata 200 mil pessoas no Brasil, segundo o Inca.

Veja algumas das imagens...







Via

Objeto voador não identificado

Explodiu no ar sobre uma ilha ao sul do Vietnã, disse a mídia estatal, um dia depois que a força aérea do Camboja reportou uma misteriosa queda de aeronave.

A Agência de Notícias do Vietnã disse que residentes da ilha Phu Quoc, a apenas 10 km do Camboja, encontraram fragmentos de metal cinzento, incluindo um de 1,5m de comprimento.

“A explosão ocorreu a cerca de 8 km de altura e talvez fosse um avião, mas as autoridades não puderam identificar se era uma aeronave civil ou militar”, disse um artigo com o título “OVNI explode sobre a ilha Pho Quoc”

Soldados foram enviados para procurar por restos e sobreviventes, e as autoridades locais contataram as companhias aéreas no Vietnã, Camboja e Tailândia, mas não receberam informações sobre aeronaves desaparecidas.

Os aldeões da região disseram na terça-feira que ouviram uma forte explosão. Na quarta-feira eles disseram à Reuters que encontraram pequenos pedaços metálicos próximos das linhas costeiras.

Kung Mony, vice-comandante da Força Aérea do Camboja, disse na terça-feira que lhe disseram que uma aeronave havia caído na província de Kampot, mas momentos depois, voltou atrás negando em suas afirmações.

Veja as fotos aqui

Fonte: Reuters

O POVO NÃO AGUENTA MAIS!!!





quarta-feira, maio 28, 2008

Se comprar um carro, oferecemos-lhe um revólver


Esta é frase que uma revendedora de carros em Butler, no Estado do Missouri, nos EUA, escolheu para publicar a sua mais recente promoção.
A promoção «Armas e combustível» da revendedora de veículos Max Motors dá ao cliente que comprar um automóvel a possibilidade de escolher entre um revólver ou um cupom de gasolina no valor de 250 dólares (160 euros).
«Até agora 80 por cento dos clientes optaram pelo revólver», revelou Walter Moore, um dos gerentes da loja, à rede de televisão KMBC.
Segundo o mesmo responsável, a loja entrega um certificado ao cliente e apenas coloca a arma nas mãos daquele após verificar o seu certificado de registro criminal.
A promoção está em vigor até ao final do mês e nela pode ler-se: «Sabemos que a América tem problemas com o crime e com a gasolina. A Max Motors quer ser parte da solução, não do problema».
Ouvido pela KMBC, um polícia esclareceu que a promoção cumpre os requisitos legais, ressalvando apenas que as armas não podem ser entregues no interior da revendedora.

Via PortugalDiario

Ai se a moda pega aqui…

Caminhada contra o cigarro


O Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia promove, nesta sexta-feira (dia 30), caminhada contra o tabagismo. O evento é aberto a todos e terá início às 8h, com saída do instituto (av. Dante Pazzanese, 500, Ibirapuera) em direção ao Parque Ibirapuera. A caminhada, batizada de Agita Dante, é um ato simbólico na luta contra o tabaco em celebração ao Dia Nacional de Combate ao Tabagismo, comemorado em 31 de maio. Os participantes receberão sucos e frutas na chegada. Além disso, funcionários do hospital entregarão folhetos sobre hábitos de vida saudáveis e apresentarão o Programa de Cessação de Tabagismo do Dante Pazzanese, que conta com equipe multidisciplinar composta por médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, nutricionistas e psicólogos. Detalhe: para participar do programa não há necessidade de ser paciente da unidade.

Charges



















Transporte para bêbados

terça-feira, maio 27, 2008

Surdez na terceira idade


Um velho telefona ao médico para marcar uma consulta para a sua mulher.
A atendente lhe pergunta:
- Qual o problema de sua esposa?
- Surdez. Não ouve quase nada.
- Então o senhor vai fazer o seguinte: antes de trazê-la, fará um teste, para facilitar o diagnostico do médico. Sem que ela esteja olhando, o senhor, a uma certa distância, falará em tom normal, até que perceba a que distância ela consegue ouví-lo. Então, quando vier, dirá ao médico a que distância o senhor estava quando ela o ouviu. Certo?
- Está certo.
À noite, quando a mulher estava preparando o jantar, o velhote decidiu fazer o teste. Mediu a distância que estava em relação à mulher.
E pensou:
"Estou a 15 metros de distância. Vai ser agora!" - Maria, o que temos para jantar?
Nada. Silêncio. Aproxima-se a 5 metros:
- Maria, o que temos para jantar?
Nada. Silêncio. Fica a uma distância de 3 metros:
- Maria, o que temos para jantar?
Silêncio. Por fim, encosta-se às costas da mulher e volta a perguntar:
- Maria! O que temos para jantar?
- Frango, seu merda! É a quarta vez que eu respondo!

Dia do Mutirão da Carona


Carona é Legal!
- Adote uma atitude ambiental: ofereça carona.
- Não ande sozinho no carro. Seja solidário. A Natureza agradece.
- Pratique esta idéia o ano todo!! Ande mais a pé!
- Se todos derem uma carona, um quarto dos carros deixarão de circular.
- Chame seus amigos, colegas e vizinhos e participe.
Amanhã (dia 28), acontece, nas regiões metropolitanas de São Paulo, Baixada Santista e Campinas, o Mutirão da Carona – Seja Solidário – Carona é Legal. Ao todo, mais de 90 empresas e escolas incentivaram seus funcionários e alunos a participar da ação, que pretende conscientizar a população das grandes cidades sobre a importância de ocupar os espaços ociosos nos veículos, para a redução dos congestionamentos e da emissão de poluentes. Quem quiser saber quem são os “amigos da carona” basta acessar o hot site do Mutirão.
Lá haverá, além dos parceiros da ação, uma série de informações sobre a importância da carona solidária para reduzir, em curto prazo, o número de veículos nas ruas e na emissão de poluentes. Na capital paulista, por exemplo, 95% da emissão de alguns gases tóxicos vêm dos escapamentos dos veículos. Os reflexos deste problema são vistos na qualidade do ar – que hoje raramente atinge o índice recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) – e na incidência de doenças respiratórias, cardiovasculares e alguns tipos de câncer. Para este ano, estão programados, além do Mutirão da Carona, mais quatro mutirões: Um de recolhimento de lixo eletrônico (celulares, pilhas, baterias, etc), outro de reciclagem de óleo de cozinha, e a repetição dos Mutirões Ambiental (das sacolas plásticas) e Mar Limpo.

A Prova de Química


Conta-se que dois estudantes do curso de química estavam se preparando para o exame final de Orgânica C. A prova seria no dia seguinte. No meio da noite, apareceram algumas amigas e convidaram os dois para sair. Eles foram a uma festa, beberam a noite inteira e, no dia seguinte, chegaram só após o término do exame. Falaram para o professor que chegaram tarde devido a um acidente: o pneu do carro havia furado... O professor, camarada, deixou com que fizessem a prova no dia seguinte.

Estudaram a noite inteira e, finalmente, chegaram para fazer a prova. O professor entregou uma prova pra cada um, e pediu para que fossem para salas diferentes. O primeiro problema era simples: uma reação de eliminação. Ambos resolveram sem dificuldade.O sorriso já se estampava em seus rostos, quando leram o segundo problema, que valia 95% da prova. Uma simples e única questão: "Qual pneu? "

Charges de hoje







Língua portuguesa em versão única

Partir deste ano, uma reforma ortográfica será colocada em prática em alguns países lusófonos, como Brasil, Cabo Verde e São Tomé e Príncipe. A idéia é aproximar esses povos. Conteúdo publicado sob Licença Creative Commons-Atribuição 2.5

Falta de polícia

25 de Março, 400 mil pessoas por dia

A União dos Lojistas da 25 de Março e Adjacências, Univinco, está preocupada com o descaso que os órgãos públicos, em especial a Prefeitura, vêm demonstrando pela região. Afirma que a presença da GCM, Guarda Civil Metropolitana, não é notada há tempos e ambulantes ilegais tomam conta das ruas trazendo consigo na maioria das vezes produtos contrabandeados e pirateados, alimentos de toda espécie sem as devidas condições de conservação para consumo, sem falar sobre a enorme produção de lixo que ao longo do dia é largado pelas ruas. Apesar de a Polícia Militar estar presente na região, os lojistas alegam que sem o apoio e a integração com GCM o trabalho não se realiza de maneira efetiva, pois o número de policiais não é suficiente perante o grande fluxo de pessoas que a região recebe - 400 mil pessoas, por dia, chegando a 700 mil em épocas sazonais e com picos de 1 milhão em dias próximos ao Natal.

Chineses culpam mascotes pelos sismos

O supersticioso povo chinês acredita que as sucessivas catástrofes sofridas nos últimos tempos foram provocadas pela "maldição dos Fuwa", (Fuwa significa "Crianças de boa sorte" em mandarim) as cinco mascotes do Jogos Olímpicos de Pequim 2008.

Beibei, um peixe; Jingjing, um panda gigante; Huanhuan , a chama olímpica; Yingying, um antílope tibetano; e Nini, uma andorinha foram relacionados com as catástrofes e revoltas que assolam a China neste ano olímpico. A "maldição dos Fuwa" é comentada nas ruas e na Internet, quando o número de mortos e desaparecidos pelo sismo de há quinze dias supera 86 mil vítimas.

Para os mais radicais, segundo essa crença, o antílope Yingying representa as revoltas do povo tibetano que ocorreram em Março; Huanhuan, a tocha olímpica, teve estafeta internacional interrompida diversas vezes pelos defensores do Tibete; enquanto Jingjing, o panda, tem o seu habitat em Sichuan, devastada pelo terramoto que ocorreu este mês. A relação da andorinha Nini com o acidente de comboio de Shandong em Abril é muito exagerada, todavia, os crentes identificam a ave com o cometa chinês, visto em Weifang, uma cidade de Shandong. O peixe Beibei é uma incógnita para uns mas para outros explica o forte nevão de Janeiro, o pior dos últimos 50 anos. O peixe representa ainda o Sul do país, onde se concentra a produção pesqueira, a zona que mais sofreu com o degelo. Assim, para os mais "agoirentos", a maldição de Beibei manifestou-se com uma inundação do rio Yangtsé, que todos os anos provoca centenas de mortos.

A 'sorte' do número 8

O número 8 é um número de sorte para os chineses, pois pronuncia-se bat, que tem um som muito semelhante a fat, que significa fortuna, riqueza. Por isso também, a China tudo fez para organizar os Jogos Olímpicos de 2008. Seguindo com rigor a crença na numerologia, para garantir o sucesso dos jogos, a cerimónia de abertura está marcada para 8 de Agosto, às oito da noite.

Todavia, para alguns chineses, o número 8 tem sido no último ano um sinal de azar. Segundo essa teoria, a tragédia em Sichuan aconteceu quando faltavam 88 dias para a abertura dos jogos. Em Janeiro, os fortes nevões que paralisaram muitas províncias chinesas aconteceram a 25 de Janeiro, ou seja, 25/1 (2+5+1=8), entretanto, o sismo em Sichuan aconteceu a 12 de Maio, 12/5 (1+2+5=8). O terramoto aconteceu às 14.28 e marcou 7,8 na escala de Richter.

Via