sábado, novembro 15, 2008

Anvisa diz que isotônico é bebida para profissionais

Bebidas associadas à atividade física, como Gatorade, não deverão mais ser consumidas por esportistas não-profissionais. É o que recomenda proposta da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) que será publicada no "Diário Oficial" e submetida a consulta pública por 60 dias.

Hoje, essas bebidas estão enquadradas na categoria de "alimentos para praticantes de atividades físicas". A Anvisa propõe que elas passem a conter a no rótulo a advertência: "Este alimento é destinado exclusivamente a atletas sob recomendação de nutricionista ou médico e não substitui uma alimentação equilibrada". Haverá também uma advertência para que gestantes, crianças e "portadores de enfermidades" não as utilizem.

Na consulta, a agência define que o atleta é o "indivíduo que pratica exercício físico de alta intensidade com o objetivo de rendimento esportivo ou competição". Não é atleta "quem pratica atividade física de forma regular ou esporádica com objetivo de promoção da saúde, recreação, estética, aptidão física, condicionamento, inserção social, desenvolvimento de habilidades motoras ou reabilitação orgânico-funcional".

A agência justifica que uma alimentação balanceada é suficiente para atender às necessidades de esportistas amadores.

Creatina

Na consulta, a agência libera dois suplementos: a creatina (que aumenta a massa muscular) e a cafeína. E propõe a proibição dos aminoácidos leucina, isoleucina e valina, considerando que não há eficácia comprovada.

Após analisar as sugestões, a agência elaborará a resolução definitiva. E os fabricantes terão 180 dias para se adaptar às novas regras de rotulagem.

A artigo está no site da Anvisa

Um comentário:

Higor Redígolo dos Santos disse...

Olá
Muito bacana a matéria!
Abraço
www.higorspors.blogspot.com