sábado, agosto 30, 2008

Se tá ruim, deixe como está!

Em uma planície, viviam um urubu e um pavão.
Certo dia, o pavão refletiu: "Sou a ave mais bonita do mundo animal,

tenho uma plumagem colorida e exuberante, porém,

nem voar eu posso para mostrar toda essa beleza.

Feliz é o urubu - continuou ele - que é livre para voar e vai para onde o vento o levar".
O urubu, por sua vez, do alto de uma árvore, olhava para

o pavão e ao mesmo tempo meditava:
"Que ave infeliz sou eu, a mais feia de todo o reino animal e

ainda tenho que voar e ser visto por todos! Quem me dera ser

belo e vistoso, como aquele pavão".
Certo dia ambas as aves tiveram uma brilhante idéia:

porquê, então, não se cruzarem e gerar um filhote que voasse como

o urubu e fosse linda como o pavão?
E assim fizeram.

Do cruzamento, nasceu o peru, que não voa e é feio de dar dó.

Conclusão:

Muitas vezes, se as coisas estão ruins, deixe-as como estão.

Não tente arrumar, senão podem piorar!


Lembre-se que o ótimo é inimigo do bom.


Nenhum comentário: