sexta-feira, abril 18, 2008

Alunos mostram computador feito de sucata

Três estudantes de uma escola no interior do Rio Grande do Sul trouxeram para o fisl 9.0 um computador criado por eles, só com peças que seriam colocadas no lixo. A máquina ainda coordena outro dispositivo sonoro, uma espécie de bateria também feita a partir de sucata.
"As crianças sempre têm curiosidade de saber como as coisas funcionam e, por isso, resolvemos fazer essa máquina aberta para mostrar como são as peças internas. É um computador normal", diz Lucas Nunes Jacques, 14 anos, aluno da 8ª série do Colégio Santa Marta e um dos criadores do projeto.


Assim como Lucas, os outros criadores do computador - Jardel Sores Silva, 16 anos, do 1º ano do ensino médio, e Clean Rodrigo da Costa, 13, da 7ª série -, fazem parte do grupo de estudos de tecnologia do Centro Marista de Inclusão Digital (CMID). Esse centro atende a comunidade Nova Santa Marta, uma das mais carentes de Santa Maria, cidade no interior do RS.

De acordo com os estudantes, essa é a primeira turma do grupo de estudos do CMID, que por enquanto tem apenas alunos do colégio Santa Marta. As próximas turmas já devem contar com pessoas da comunidade.


Redação Terra

Um comentário:

consecutivo disse...

POis eh! que bacana uns guri tao novo fazendo estas coisas, eu nao conseguiria sozinha instalar um nada no meu pc!