segunda-feira, outubro 29, 2007

FHC: “Terceiro mandato seria insensatez”

O ex-presidente da República Fernando Henrique Cardoso (PSDB) classificou de “grande insensatez” a idéia de um terceiro mandato para o seu sucessor, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Na opinião do tucano, que desembarcou ontem em Israel para ministrar uma palestra sobre cenário político e econômico brasileiro na Universidade de Tel Aviv, um novo mandato seria “antidemocrático”.

“Acho isso uma insensatez tão grande... O presidente Lula queria tanto a reeleição e conseguiu: foi reeleito. Imagina se ele agora vai entrar nessa de terceiro mandato? Duvido. Seria um absurdo”, afirmou FHC, presidente por dois mandatos, de 1995 a 2002. “Uma questão é a reeleição, que é uma coisa normal, existe na maioria dos países. Outra questão é a extensão do mandato. Iria no caminho de um mandato indeterminado, o que é antidemocrático.”

A posição de Fernando Henrique parece coincidir com a do próprio Lula, que no último sábado rejeitou proposta de terceiro mandato sugerida por seus aliados políticos. O presidente alegou ser favorável à “alternância do poder” e afirmou que não há “pessoas insubstituíveis na política”.

Estadão.com.br

Nenhum comentário: