quinta-feira, outubro 25, 2007

CASO JÚLIO LANCELLOTTI

Uma senhora, que se recusa a ser identificada, procurou pelo menos um órgão de imprensa na semana passada para dizer que, certa noite em fins de 1999, por acaso, viu o padre Júlio Lancellotti beijando um adolescente numa dependência da Casa Vida 2, em São Paulo, onde ela trabalhava. A entidade, da qual o padre é um dos fundadores, cuida de jovens portadores do vírus da aids.
Continua
aqui


Nenhum comentário: