sábado, setembro 01, 2007

pra descontrair

Mineirim na praia

Um minerim tava no Ridijaneiro, bismado cas praia, pé discarso, sem camisa, aquele carção samba canção, sem cueca pur dibaxo.
E os cariocas zombando, contando piada de mineiro.
Alheio a tudo, o minerim olhou pro marzão e num se guentô: correu a toda velocidade e deu um merguio de cambaióta, pegô jacaré, furô as onda, moiô a boca com água sargada e tudo mais.
Quando saiu, o carção, de ticido finim, tava transparente e grudadim na pele.
Todo mundo na praia tava oiando pro tamanho do bilau que o minerim tinha.
O bicho era danado de grande sô, ia até pertim do juei. A turma nunca tinha visto coisa iguá.
As muié cum sorrisão, os homi cum zói arregalado de inveja, qui inté dava medo.
O minerim intão percebeu a situação, ficou todo envergonhado e gritou:
- Que qui foi, uai? Quando oceis pula na água fria o pingolim doceis num incói tamém?

********************************

Nunca subestime uma mulher

Ocorreu um acidente de transito, com dois carros batendo de frente, um
guiado por um homem e o outro por uma mulher. Ficaram completamente
destruidos, mas, surpreendentemente, os motoristas nada sofreram. Sairam
completamente ilesos.

Depois de sairem dos seus carros. O homem estava pronto para agredi-la
verbalmente, mas a mulher rapidamente diz:

- Interessante, você um homem e eu uma mulher, com os carros totalmente
destruidos, mas estamos sem nenhum arranhão. Isto deve ser um sinal de
Deus. Nós realmente precisavamos nos encontrar. Estava em nossos destinos
nos conhecermos e ficarmos vivendo em paz, como grandes amigos, até o fim
de nossos dias.

- Concordo! disse o homem.

- Isto com certeza é um sinal de Deus. E olhe outro milagre, meu carro
está completamente destruído, mas esta garrafa de vinho não se quebrou.
Está claro que o destino quer que a bebamos para celebrar a nossa vida, que
foi salva milagrosamente neste acidente. Vamos celebrar!

Então a mulher passa a garrafa para o homem. Ele concorda sem titubear e
vira o gargalo na boca até beber a metade da garrafa.

Entrega a garrafa pela metade para a mulher. Ela pega a rolha e recoloca
no gargalo, imediatamente, sem beber nenhum gole.

Sem entender nada, o homem pergunta:

- Não vai beber a sua metade para comemorar?

A mulher responde:

- Agora não. Vou esperar a polícia chegar primeiro...

NUNCA SUBESTIME UMA MULHER.........

Nenhum comentário: