terça-feira, setembro 25, 2007

Enigmas de comida

Existem comidas azuis?
Na natureza, pelo menos, não. A Royal já lançou uma linha de gelatinas na cor azul. Mas entre seus ingredientes havia frutas de coloração tendendo para o roxo, como certos tipos de uva e de amora. Além do inexistente predomínio dessa pigmentação entre frutas e legumes comestíveis, também na culinária o azul é excentricidade. No norte de São Paulo, é comum encontrar o "Azul Marinho" - trata-se de um peixe ensopado com banana verde, que de fato fica azulado por causa da ação do tanino da fruta. Como o azul é uma cor ausente nos cardápios tradicionais, não tem o chamado apetite appeal - ou seja, não desperta o apetite das pessoas.

Por que a melancia é tão grande e nasce de uma árvore tão pequena, e a jabuticaba é tão pequena e nasce de uma árvore tão grande?
Willibaldo Villa, engenheiro agrônomo da Cati (Coordenadoria de Assistência Técnica Integral, órgão da Secretaria da Agricultura), arrisca: "A proporção é essa porque a natureza é perfeita. Ela colocou a pesada melancia em uma raminha rasteira e a jabuticaba pesa poucos gramas, em uma árvore imensa". Segundo Villa, na botânica, não existe relação entre o tamanho do fruto e da árvore. "São apenas peculiaridades de cada espécie." A jaca, por exemplo, é enorme e nasce de uma árvore de grande porte, a jaqueira.

Por que bebemos refrigerante de guaraná, mas não encontramos a fruta guaraná para vender?
Nós não encontramos a fruta para comprar porque ela não é comestível. O pó de guaraná é, na verdade, obtido da semente da árvore e não do fruto. Assim, em produtos industrializados feitos com guaraná, como o refrigerante ou as pílulas, apenas a semente é utilizada.

Por que o milho verde tem este nome se é amarelo?
Embora seja amarelo, o milho verde recebe esta denominação pois, para ser consumido nesta forma, precisa ser colhido ainda verde, imaturo, sem ter atingido seu desenvolvimento completo. Os grãos deste cereal são na verdade pequenos frutos e cada um traz em si uma semente. Somente quando atingem a maturidade, elas estão aptas para germinar. Isso ocorre quando o grãozinho já está totalmente seco (não mais amarelo). Esses grãos servem para se fazer farinha, fubá, flocos de milho e xarope.

Se o vinho é líquido, como ele pode ser seco?
Um vinho é classificado como seco quando não possui açúcar residual (açúcar não transformado em álcool pela ação das leveduras). Caso tenho, o mesmo não é perceptível ao paladar. O contrário seriam os vinhos doces ou semi-secos.

via: Guia dos Curiosos

Nenhum comentário: