terça-feira, setembro 11, 2007

Acredite se quiser…


Quase três mil pessoas morreram nos ataques terroristas de seis anos atrás, nos Estados Unidos. A versão oficial é de que quatro aviões foram seqüestrados por radicais islâmicos, que atacaram as torres gêmeas do World Trade Center, em Nova York, o Pentágono, em Washington. Uma quarta aeronave caiu no chão na Pensilvânia. Mas não demorou muito e dezenas de versões “alternativas” eram discutidas por todo o mundo.

As versões ganharam tanta força que o próprio Departamento de Estado dos EUA criou uma seção em seu site inteiramente dedicada a refutar estes “boatos”, veja abaixo a lista das principais teorias da conspiração.

Conspiração - As torres gêmeas não ruíram, mas foram demolidas de forma controlada.
Versão oficial -
Segundo o departamento de Estado dos EUA, citando especialistas em demolições controladas, quando o prédio é derrubado de forma proposital, o processo acontece de baixo para cima, e não como ocorreu em Nova York. Os oficiais dos EUA dizem que não foram registradas explosões no solo de Nova York no dia e que não havia nenhum sinal de explosivos na base dos prédios.

Conspiração - Nenhum avião foi jogado contra o Pentágono, que foi atingido por um míssil lançado pelo próprio aparato do Estado americano.
Versão oficial -
Os corpos dos passageiros do vôo 77 da American Airlines foram encontrados no Pentágono e reconhecidos por DNA. A caixa-preta do avião foi encontrada dentro do Pentágono. Testemunhas viram o avião cair. Fotografias tiradas no local mostram destroços do avião

Conspiração - Os aviões que bateram nas torres gêmeas foram pilotados por controle remoto.
Versão oficial -
A Boeing, fabricante dos aviões, diz que eles não aceitam controle externo. Passageiros dos vôos fizeram ligações de celular relatando o seqüestro das aeronaves.

Conspiração - O vôo United 93, que caiu na Pensilvânia, foi derrubado por um míssil.
Versão oficial -
O gravador de voz do avião registrou a revolta dos passageiros, que fez com que os próprios seqüestradores derrubassem a aeronave. Os terroristas controlaram o avião até o momento da queda. O Exército dos EUA não sabia do seqüestro do vôo até quatro minutos após ele ser derrubado.

Conspiração -Quatro mil judeus faltaram ao trabalho no World Trade Center no dia 11 de setembro.
Versão oficial -
Não houve aumento no número de faltas ao trabalho no dia do atentado. Cerca de 10% a 15% dos mortos eram judeus.

Conspiração - A al-Qaeda não é responsável pelos ataques de 11 de Setembro.
Versão Oficial -
Osama bin Laden e outros líderes da al-Qaeda confirmaram repetidas vezes terem planejado e realizado os ataques. Uma fita de novembro de 2001 registrou detalhes do planejamento de Bin Laden. “Calculamos antecipadamente o número de vítimas”.

Clique aqui para ver a lista completa do departamento de Estado dos EUA (em inglês)

Via http://g1.globo.com/Noticias/Colunas/0,,7268,00.html

Nenhum comentário: